Qual o aparelho auditivo ideal para cada idoso

Qual o aparelho auditivo ideal para cada idoso?

Os aparelhos auditivos estão sempre em evolução e seguem sendo cada vez mais utilizados em todo o planeta. 

O uso, em sua maioria, é feito por idosos. Isto porque, com a idade, pode ocorrer a perda gradativa da audição, por diversos fatores. 

A surdez (ou presbiacusia) é um problema que acontece quando as células auditivas possuem algum tipo de desgaste fisiológico. De forma geral, o seu agravamento acontece justamente a partir dos 60 anos de idade.

No entanto, a condição não é exclusiva deste grupo e pode afetar pessoas de qualquer faixa etária. Por isso, o diagnóstico precoce pode fazer a diferença no tratamento.

Em alguns casos, pode ser necessário o uso de aparelho auditivo, para garantir bem-estar e qualidade de vida. 

Abaixo, preparamos uma lista com todos os tipos de aparelhos auditivos disponíveis no mercado e suas características específicas. Confira:

Tipos de aparelhos auditivos

Atualmente, praticamente todas as necessidades auditivas dos idosos podem ser supridas, por conta da variedade de aparelhos disponíveis no mercado, como:

  • Retroauricular (BTE): sendo o mais versátil no que se refere a recursos e frequências, o aparelho auditivo Retroauricular é o mais utilizado. Posicionado atrás da orelha, ele transmite um som que chega próximo ao tímpano. Pode ser utilizado em praticamente todos os tipos de perda de audição.
  • Intra-auricular (ITE): conta com um botão de controle manual, além de ter um design que preenche toda a concha da orelha. Também pode ser utilizado em todos os tipos de surdez.
  • Zumbido: sendo uma das tecnologias mais avançadas em aparelhos auditivos até o momento, ele diminui o zumbido causado pela surdez através de terapias. E, além disso, possui recursos de redução de ruídos, conversas com foco automático e aumento da voz de quem fala.
  • Intracanal (ITC): possui um recurso de aumento e diminuição do volume e fica posicionado dentro do canal auditivo. Por isso, é parcialmente visível.
  • Receptor-no-canal (RIC): a principal vantagem deste aparelho auditivo é o tamanho. Por ser pequeno, o ouvido não fica completamente coberto, ou seja, o som é escutado de forma mais natural;
  • Microcanal (CIC): indicado apenas para as perdas mais leves, ele é quase “invisível”. Infelizmente, há restrições para pessoas com o sistema auditivo mais estreito.
  • Aparelhos CROS: quando o aparelho possui este tipo de tecnologia, é possível que o deficiente auditivo unilateral (surdo de um só ouvido) consiga utilizá-lo, coisa que há pouco tempo atrás não era possível.

Conheça a Cora Residencial Senior!

A Cora Residencial Senior é o lugar ideal para o seu familiar idoso, independente das necessidades que ele possa ter. 

Contamos com uma equipe multidisciplinar formada por médicos geriatras, cuidadores, enfermeiros, nutricionistas e fonoaudiólogos. Esses profissionais promovem um cuidado humanizado, sempre pensando na saúde, bem-estar e qualidade de vida do residente.

Por isso, conte com o Residencial para Idosos Cora Senior! Para saber mais sobre nossas vantagens, entre em contato e agende uma visita virtual!

Receba nossos conteúdos por e-mail

Compartilhe o post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Receba nossos conteúdos por e-mail