Qual a importância do estímulo cognitivo para o idoso?

Qual a importância do estímulo cognitivo para o idoso?

Ao longo da vida, é fundamental estimularmos nosso cérebro, de forma que funções importantes do órgão, como raciocínio, concentração e memória, sejam beneficiadas. 

Cantar, jogar cartas e participar de rodas de conversa, por exemplo, são atividades que ajudam nesse objetivo, promovendo bem-estar e qualidade de vida. 

Abaixo, você irá entender a importância dos estímulos cognitivos no cotidiano dos idosos e conhecer algumas práticas simples, que auxiliam em funções do cérebro como memória e atenção, além de serem essenciais para a manutenção da saúde mental.

Entenda a importância do estímulo cognitivo

Manter o cérebro ativo desde a juventude, pode ajudar na prevenção de diagnósticos neurodegenerativos muito comuns e que, normalmente, surgem após os 60 anos. É o caso da Doença de Alzheimer, por exemplo. 

Idosos que já possuem essa condição, inclusive, podem ter mais qualidade de vida e controlar o avanço do quadro por meio dos estímulos cognitivos. Isso porque essas atividades atuam diretamente nos mecanismos neurológicos.

Conheça algumas atividades de estímulo cognitivo 

Trabalhar a capacidade neural ao longo da vida é fundamental. 

Os estímulos cognitivos são essenciais para o bom desempenho de diversas áreas do cérebro, responsáveis por funções como memória e raciocínio, por exemplo.

Confira abaixo algumas atividades de estímulo cognitivo que trazem grandes benefícios para os idosos, sejam eles diagnosticados ou não com quadros neurodegenerativos:

  • Jogo da memória: além de estimular as recordações, essa atividade demanda bastante foco e atenção;
  • Resgatar experiências do passado: sempre que possível, peça para o familiar idoso falar sobre acontecimentos que ocorreram em sua vida. Dessa forma, é possível despertar suas memórias;
  • Experimentar novas comidas: essa prática estimula as papilas gustativas e faz com que o idoso tente descobrir quais foram os temperos usados na receita;
  • Usar a mão não dominante: o exercício é essencial para estimular a coordenação motora;
  • Fazer listas de compras: esse é um método muito usado no cotidiano e que, mesmo sem notarmos, ajuda no desenvolvimento da memória;
  • Dançar: essa atividade dá ânimo, movimenta e promove a interação social. Além disso, desperta as recordações e a coordenação motora;
  • Conversar sobre filmes, livros ou esportes: as conversas são excelentes para estimular o raciocínio e o desenvolvimento da linguagem.

Cora Residencial Senior

A Cora é um residencial para idosos que proporciona qualidade de vida e bem-estar aos moradores. 

Contamos com uma equipe multidisciplinar formada por médicos geriatras, cuidadores, enfermeiros, farmacêuticos, fonoaudiólogos e nutricionistas. 

Diariamente, promovemos atividades de estímulo cognitivo, com o apoio de educadores especializados.

Temos cinco unidades na cidade de São Paulo, espalhadas nas regiões de Higienópolis, Campo Belo, Tatuapé, Jardins e Ipiranga. Entre em contato conosco e proporcione o melhor ao seu familiar idoso!

4.8/5 - (5 votes)

Receba nossos conteúdos por e-mail

Compartilhe o post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Receba nossos conteúdos por e-mail