manter-rotina-idoso-residencial-para-idosos

Por que é tão importante manter a rotina do idoso?

Você já pensou sobre a importância da rotina nas nossas vidas? Ter hora certa para acordar, se alimentar e dormir é essencial. Basta uma simples mudança que nós já estranhamos. Se para nós é difícil, imagine para os idosos, sobretudo os que sofrem de algum tipo de demência. Por isso, é fundamental manter a rotina do idoso e incentivar as outras pessoas e profissionais que têm contato constante com ele a segui-la.

A organização da rotina também facilita o atendimento à pessoa idosa em suas necessidades. Afinal, são remédios na hora certa, cuidados com a higiene pessoal, alimentação equilibrada servida na hora habitual e atividades recreativas que não podem faltar.

Tudo isso focado na independência do idoso, sem deixar de lado o seu bem-estar. Por certo, quando o idoso é saudável, o cuidador (seja ele um familiar ou uma pessoa contratada) exerce um papel importante para ajudar a organizar melhor as tarefas cotidianas. Contudo, quando o indivíduo tem alguma doença, os cuidados são ainda mais relevantes.

Como afastar a ociosidade em idosos?

Quando o assunto é rotina para idosos, logo nos lembramos que é importante afastar o risco da ociosidade. Isso porque há uma preocupação muito grande de terapeutas ocupacionais com relação a idosos que não têm atividades durante o dia, ou seja, acordam, se alimentam e ficam a maior parte do dia vendo televisão ou olhando o movimento da rua de dentro de suas casas.

Essa preocupação se justifica pelo fato de a inatividade poder aumentar a ansiedade, a solidão e a irritabilidade que é um dos sintomas do Alzheimer, por exemplo.

Nem todos os idosos têm problema de memória e raciocínio. Mas é importante estimular a mente para ela manter-se em atividade no envelhecimento e evitar ou retardar o avanço de doenças demenciais.

Outro aspecto importante é manter a vida social da pessoa idosa, pois é comum nessa faixa perder os contatos com os amigos, o que pode deixá-lo solitário e entristecido.

Sendo assim, além de passar o tempo de forma prazerosa, o idoso que tem uma rotina regrada de atividades consegue manter-se disposto, criativo e saudável.

Mas é importante ter equilíbrio. A rotina do idoso deve contar com atividades feitas de acordo com os seus gostos pessoais, sem deixá-lo cansado ou estressado pelo excesso de distrações.  

Na Cora Residencial Senior, por exemplo, possuímos mais de 100 atividades mensais que são bastante variadas. Exercícios físicos, sessões de fisioterapia, aulas de dança, jogos e sessões de cinema estão entre as opções.

O que não pode faltar no cronograma diário?

Cada caso é um caso, porém, é interessante atentar-se para algumas ações que não podem ser esquecidas na rotina do familiar idoso. Confira, portanto, nossas dicas:

Manhã

Se o idoso costuma tomar banho de manhã, ao acordar, estimule a higiene pessoal. Mas tenha bom senso: se estiver muito frio, mude o banho para o período da tarde.

Caso ele não tome banho logo ao despertar, parta para o café da manhã. É muito importante que o idoso não pule refeições. Depois de um café bem leve, lembre-o de tomar água fresca. Afinal, alimentação equilibrada e hidratação são fundamentais para manter a saúde em dia.

Na sequência, veja se há medicamentos a serem dados de manhã. Depois disso, estimule-o a tomar sol. Ainda pela manhã, faça uma atividade com o idoso, como uma caminhada.

Tarde

Por volta do meio-dia, o idoso pode fazer a sua refeição principal do dia, que é o almoço. Atente-se para os medicamentos do período da tarde e não se esqueça de reservar um momento para descanso. Afinal, um cochilo rápido à tarde faz bem para a saúde do idoso.

Ao despertar, o idoso pode fazer mais uma atividade que lhe dê satisfação, como ler um livro, assistir a um programa de tevê, um filme que lhe agrade ou ainda uma atividade de estimulação física ou cognitiva, como uma dança, um trabalho manual ou um passeio.

Noite

É interessante que o idoso jante cedo, antes das 19h. Assim, ele pode fazer a digestão tranquilamente antes de deitar-se. É interessante promover mais uma atividade relaxante, que pode ser um jogo de baralho, um momento de oração ou uma atividade de musicalização.

É importante anotar as atividades rotineiras numa agenda física ou digital. Isso porque quando você não estiver disponível, por causa de uma viagem ou outro compromisso, outra pessoa poderá prosseguir com a mesma rotina.

Só para complementar, as atividades podem ser alteradas conforme a disposição do idoso, a criatividade do cuidador e o próprio estado clínico.

Para concluir, a rotina do idoso serve para manter o idoso em atividade, com sua independência e, na medida do possível, autonomia para a sua tomada de decisões. A ociosidade pode aumentar os sintomas depressivos e os problemas musculares devido ao sedentarismo.  

Na Cora, o residente encontra várias opções de atividades e ainda conta com rotina regrada com 6 refeições diárias e medicamento na hora certa. Conheça mais sobre o nosso dia a dia acessando o Facebook da Cora. 

Receba nossos conteúdos por e-mail

Compartilhe o post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Receba nossos conteúdos por e-mail

Este site utiliza cookies e scripts externos para melhorar a sua experiência.