Estresse do cuidador: como evitar?

Estresse do cuidador: como evitar?

Durante o processo de envelhecimento, o idoso pode ter dificuldades para realizar tarefas simples. Neste momento, é fundamental contar com o apoio de familiares, que podem auxiliá-lo na alimentação, locomoção, higiene, uso de medicamentos, entre outras atividades do cotidiano.

Em alguns lares, é comum que um familiar fique responsável por esse apoio ao idoso, se transformando em uma espécie de cuidador informal. Essa situação, no entanto, pode gerar uma sobrecarga, provocando um quadro conhecido como “estresse do cuidador”.

Quais são os sintomas do estresse do cuidador? 

Pode ser difícil para o familiar identificar que sofre de “estresse do cuidador”, no entanto, alguns sinais podem indicar que algo não vai bem. 

São eles:

  • Ganho ou perda excessiva de peso de forma repentina;
  • Dores de cabeça ou musculares frequentes;
  • Sensação de tristeza;
  • Ansiedade;
  • Excesso ou falta de sono;
  • Irritabilidade;
  • Sensação de cansaço constante;
  • Preocupação excessiva.

Esses fatores também podem ser identificados pelos demais membros da família e amigos, que podem orientar o cuidador informal na busca por profissionais, que podem oferecer o auxílio diário que o idoso precisa. 

Apoiando o cuidador informal ou cuidador familiar

É importante ressaltar que a sobrecarga de atividades, a rotina agitada, bem como a falta de conhecimento, podem ser prejudiciais para o familiar responsável por cuidar do idoso. Acompanhar os pais ou avós em momentos de fragilidade também pode afetar sua saúde mental.

Por isso, o ideal é buscar o apoio de um cuidador de idosos profissional ou de um serviços especializado que possa oferecer bem-estar e qualidade de vida de forma adequada. 

Se você cuida do seu familiar idoso no dia a dia, seguem algumas dicas importantes para lidar com a rotina:

  • Tenha metas: quando se desenha uma lista de afazeres diários, fica mais fácil organizar as atividades de uma maneira pouco exaustiva.
  • Reserve um tempo para seu bem-estar: recarregar as energias é algo necessário para desestressar. Por isso, tire um período diário para descansar. Caminhe, converse com um amigo, escute músicas ou leia um livro.
  • Cuide da saúde do corpo: além da prática de exercícios físicos, se alimentar corretamente e ter uma noite de sono saudável melhoram o condicionamento físico, aumentam a disposição e fortalecem a imunidade.
  • Cuide da saúde mental: se sentir necessidade, busque acompanhamento psicológico, que  é uma excelente alternativa para lidar com emoções e situações do cotidiano. 
  • Busque ajuda profissional: o auxílio de um cuidador de idosos profissional ou de um local que ofereça todos os cuidados necessários, pode fazer toda a diferença para você e o seu familiar idoso.

Um residencial para idosos que pensa no bem-estar!

A Cora é um residencial para idosos que entende que o bem-estar é fundamental. Aqui, desenvolvemos uma rotina repleta de atividades e momentos de socialização. Além disso, contamos com uma equipe multidisciplinar, preparada para auxiliar o seu familiar idoso.

Para quem deseja continuar no lar atual, criamos o serviço Cora em Casa, que proporciona os mesmo cuidados oferecidos no residencial, por meio de cuidadores profissionais especializados.

Fale conosco e confira as vantagens do melhor residencial para idosos do mercado!

Receba nossos conteúdos por e-mail

Compartilhe o post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Receba nossos conteúdos por e-mail

Este site utiliza cookies e scripts externos para melhorar a sua experiência.