Cuidados com idosos na primavera?

Cuidados com idosos na primavera

Durante o inverno, a população sofre com as baixas temperaturas, que colaboram para o surgimento de diversos diagnósticos. Em idosos, por exemplo, os dias frios estão ligados a quadros de dores no corpo e ressecamento de pele. A falta de sede também é relatada constantemente por quem passou dos 60 anos e pode causar desidratação.

Com o fim do inverno e a chegada da primavera, as temperaturas começam a ficar mais amenas e as paisagens floridas, no entanto, o novo período do ano também inspira alguns cuidados essenciais com a saúde.

Saiba como cuidar dos idosos durante a primavera 

Também conhecida como época das flores, a primavera é a estação do ano em que ocorre a proliferação de ácaros, fungos e bactérias, por conta da elevação gradual da temperatura. 

Visto que essa nova condição ambiental é agressiva ao organismo dos idosos, é preciso tomar alguns cuidados, entre eles:

  • Alimentação: ter uma dieta balanceada é importante em todas as fases do ano, inclusive na primavera. Isso acontece porque, com a ingestão de alimentos saudáveis, a imunidade corporal é estimulada, evitando que as mudanças de estação causem problemas ao organismo;
  • Higienização das roupas: como a primavera é uma estação em que as temperaturas sofrem uma ligeira elevação, as roupas mais leves voltam a ser utilizadas. Porém, como ficaram muito tempo guardadas podem estar com poeira em abundância. Por isso, é ideal que sejam lavadas antes do uso;
  • Manter ambientes arejados: a rinite é uma condição que atinge grande parte dos idosos durante a primavera. Para evitar que isso ocorra, mantenha as janelas abertas para favorecer a troca de ar e deixar a luz solar entrar. Assim, os fungos e ácaros serão eliminados;
  • Hidratação: o ar continua seco durante a primavera. Por isso, é importante se hidratar com frequência para evitar o ressecamento corporal. Em alguns casos, o uso de hidratantes pode ser recomendado;
  • Saúde dos olhos: os ácaros e outros microorganismos, muito comuns na primavera, também são responsáveis por causar doenças oculares, como a conjuntivite, por exemplo. Por essa razão, caso surjam sensações de intensa irritabilidade na região ocular, é recomendado buscar orientação médica;
  • Cuidado com o sol: a incidência de raios solares é pequena durante a primavera. Ainda assim, o idoso deve procurar evitar se expor à luz solar no período entre 10h e 16h, já que o contato excessivo com os raios pode ocasionar doenças de pele ou oculares. O uso de óculos de sol, bonés e protetor solar é indispensável;
  • Atividade física: a rotina de exercícios faz com que o idoso fortaleça o sistema imunológico. Por isso, caminhadas, corridas em pequenos percursos e pedaladas são algumas opções para manter o corpo ativo e saudável. É importante ressaltar que a orientação médica é fundamental neste caso.

A primavera oferece sensações de conforto ao idoso, tanto pela beleza das paisagens quanto pela sutil elevação das temperaturas. 

Mesmo assim, ela é uma estação que inspira cuidados constantes. Se protegendo de maneira adequada, os idosos poderão aproveitar ao máximo esse período.

Cora Residencial Senior

A Cora é um residencial para idosos que proporciona atividades diárias, de estímulos físicos e cognitivos. De acordo com os profissionais de saúde, esses exercícios são fundamentais para manter a qualidade de vida e o bem-estar em pessoas com mais de 60 anos.

Também contamos com uma equipe multidisciplinar de cuidados que acompanha constantemente o quadro clínico do idoso, identificando possíveis necessidades e atuando na prevenção de diagnósticos muito comuns na primavera.

Se você busca um lugar que atenda todas as necessidades do seu familiar idoso, entre em contato conosco!

4.8/5 - (5 votes)

Receba nossos conteúdos por e-mail

Compartilhe o post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Receba nossos conteúdos por e-mail