Como reduzir o risco de quedas em idosos

Como reduzir o risco de quedas em idosos

O processo natural do envelhecimento provoca inúmeras alterações no organismo. A força, a energia e o equilíbrio diminuem, sendo necessário redobrar a atenção para prevenir os perigosos acidentes domésticos, que na maioria das vezes podem ser graves.

Por isso, é recomendado que os locais em que idosos residem tenham uma estrutura adequada, com barras de apoio e pisos antiderrapantes, proporcionando mais segurança, independência e conforto para todos.

Medidas para deixar o ambiente mais seguro para o idoso

Análises recentes do IBGE apontam que a população brasileira terá mais idosos do que crianças em 2039, reforçando a importância da acessibilidade não apenas em residências, mas também em outros espaços, sejam eles públicos ou privados.

Os dados também mostram que uma a cada três pessoas, com mais de 65 anos, já sofreu uma queda. Quando a faixa etária supera a marca dos 80 anos, essa proporção é ainda maior, atingindo metade da população.

Abaixo listamos algumas atitudes simples, que podem ajudar na prevenção de quedas e acidentes domésticos. Confira:

  • Ao escolher um tapete para embelezar o ambiente, opte por versões antiderrapantes.
  • As mesas de centro, descanso para pés e vasos também podem representar perigo, já que é comum que o idoso esbarre e tropece com frequência nesses móveis. Por isso, reduzir o número dessas mobílias pode ser uma solução para as quedas;
  • Organização nunca é demais. Como os idosos possuem pouco equilíbrio, qualquer saliência é suficiente para provocar uma queda. Por isso, objetos como sapatos devem ficar sempre guardados. Já os fios de telefone devem ficar fora do ambiente de passagem;
  • Garanta uma boa iluminação. É comum que os idosos acordem com mais frequência no período noturno para ir ao banheiro. Por isso, deixar os ambientes iluminados proporciona senso de direção e equilíbrio, evitando quedas;
  • E por falar em banheiro, esse cômodo, assim como os quartos, deve dispor de barras de apoio para garantir equilíbrio e proteção. Nesse caso, essas ferramentas evitam escorregões;
  • De nada adianta manter a casa organizada e rodeada por barras de apoio se o piso que preenche o ambiente for escorregadio. O ideal é optar por pisos antiderrapantes;
  • Se o local dispuser de dois andares, é importante sinalizar bem as escadas. Nelas, inclusive, o corrimão é algo indispensável. Identificações visuais do primeiro e último degraus também podem auxiliar na prevenção de acidentes domésticos;
  • Na cozinha, o ideal é que todos os objetos estejam ao alcance dos moradores, não sendo necessário o auxílio de banquetas ou pequenas escadas.

Manter o ambiente seguro é importante para preservar a autonomia do idoso e prevenir acidentes domésticos, que muitas vezes, podem resultar em fraturas graves e hospitalizações.

Fale com a Cora!

A Cora Residencial Senior é um Residencial para Idosos com foco na qualidade de vida.

Nossas cinco unidades possuem estrutura projetada e adaptada para proporcionar segurança ao idoso. Na Cora, os residentes contam também com cuidados especializados da equipe multidisciplinar e atividades físicas e cognitivas.

Fale com a Cora e conheça mais sobre este conceito de residencial para idosos!

4.9/5 - (7 votes)

Receba nossos conteúdos por e-mail

Compartilhe o post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Receba nossos conteúdos por e-mail