Categorias: Cuidados

Reabilitação para idosos: veja a importância da fisioterapia

A reabilitação para idosos dentro da fisioterapia é um dos processos mais importantes para diminuir dores, recuperar o movimento de determinados membros e devolver a independência, promovendo de maneira mais ampla a saúde do indivíduo.

Muitas vezes, o idoso tem uma série de comprometimentos por causa de uma lesão que pode ser tratada por meio das sessões de fisioterapia. Portanto, ao sanar o problema, o idoso pode recuperar seus movimentos ou seu estado de vida anterior à lesão.

Sendo assim, é bom lembrar que a fisioterapia tem evoluído muito ao longo dos últimos anos. Inicialmente, quando pensávamos em fisioterapia logo lembrávamos dos jogadores de futebol acometidos por lesões e que precisavam de reabilitação.

Mas a abordagem da área é muito mais complexa, não resolvendo apenas problemas da estrutura corporal, como ossos e músculos, mas devolvendo a qualidade de vida a pessoas acometidas por sequelas de doenças, traumas e até problemas respiratórios, com exercícios específicos para o fortalecimento dos pulmões.

É justamente por isso que os hospitais com unidades de terapias intensivas contam com fisioterapeutas na equipe multidisciplinar para atender a pacientes que enfrentam doenças que afetam o sistema respiratório.

Aliás, a presença do fisioterapeuta, ainda no ambiente hospitalar, é importante para estimular o movimento corporal de indivíduos que apresentam sequelas de doenças que afetam a parte motora, como é o caso do Acidente Vascular Cerebral (AVC), pois eles ficam com os movimentos corporais comprometidos e quanto antes começar a intervenção do fisioterapeuta, melhores são os resultados.

Portanto, veja mais detalhes neste artigo de como a fisioterapia atua em pessoas que sofreram lesões ou tiveram as funcionalidades de determinados órgãos restritas.

Qualidade de vida: o papel da fisioterapia nos cuidados geriátricos

Todo mundo sabe que é muito difícil conviver com uma dor ou com uma limitação motora. Imagine um idoso que sofreu um AVC e que ficou com um lado do corpo paralisado por causa da hemiplegia, uma das sequelas do acontecimento.

Por desconforto, ele acaba mudando seus hábitos de vida, como parar de sair, de interagir com as pessoas, ficar mais dependente de terceiros e, assim, adotando a reclusão, podendo, por isso, desenvolver sintomas de depressão.

Entretanto, com o trabalho de reabilitação desenvolvido gradualmente pelos fisioterapeutas ele pode recuperar os movimentos e, juntamente com eles, a vida que tinha antes do AVC.

Assim, a reabilitação atua no sentido de trabalhar os movimentos nas extremidades, ou seja, nas pernas e braços, e fazer o idoso adquirir novamente a postura desejada.

Portanto, a fisioterapia tem aprimorado diversas técnicas e procedimentos para ajudar pessoas idosas a reencontrar a sua independência através de exercícios de reabilitação.

Tais exercícios, portanto, podem ser executados em clínicas, instituições de longa permanência para idosos, dentro dos hospitais e até na casa do paciente. Nesse sentido, elas também podem ocorrer em sessões individuais ou coletivas.

Logo, a fisioterapia restaura os movimentos, diminuindo processos inflamatórios, evitando dores que tanto incomodam os idosos e ainda realizando processos de recuperação após cirurgias.

Veja, portanto, alguns recursos utilizados pelos fisioterapeutas no trabalho de reabilitação:

  • fototerapia (contam com o emprego de luz artificial);
  • eletroterapia (que usam eletricidade);
  • mecanoterapia (conta com aparelhos mecânicos para trabalhar a musculatura);
  • termoterapia (que utilizam calor);
  • cinesioterapia (consiste no uso de movimentos corporais, como o alongamento).

Há, ainda, outros recursos, como a massoterapia, a crioterapia e a hidroterapia que são empregadas conforme a condição clínica do paciente e outros fatores.

Tecnologia: como ela vem auxiliando os pacientes da fisioterapia

O uso da tecnologia está em todos os setores. Na fisioterapia não poderia ser diferente. Afinal, ela está presente desde o momento do diagnóstico até o tratamento de reabilitação. Veja mais detalhes a seguir.

Já está se tornando mais comum nos consultórios e clínicas a presença de equipamentos de ponta, como, por exemplo, o scanner postural que é capaz de avaliar os desvios corporais dos pacientes através da tecnologia tridimensional. Assim, chega-se a um diagnóstico mais preciso dos problemas posturais.

Já nas sessões de reabilitação, a tecnologia também está presente por meio da gamificação, da realidade virtual e até nos equipamentos de reabilitação.

Para exemplificar, a gamificação (que tem origem na palavra games – jogos – em inglês) utiliza oportunidades de interação com os pacientes enquanto eles praticam os exercícios e trabalham as partes do corpo lesionadas. Assim, com desafios e pontuações obtém-se a reabilitação de forma mais lúdica e prazerosa.

Já na realidade virtual, que emprega programas de computador e aplicativos, os pacientes podem simular movimentos, como uma caminhada por um belo jardim, estimulando a independência de forma bastante segura.

Equipamentos tradicionais também estão sendo substituídos pelos recursos mais modernos, como estabilizadores de coluna e esteiras eletrônicas com uso de tecnologia avançada para compreender e projetar os melhores resultados nos movimentos dos pacientes.

Fisioterapia na Cora: sessões individuais e coletivas

Aqui na Cora Residencial Sênior, a fisioterapia é uma das especialidades integrantes da equipe multidisciplinar. Nesse sentido, há sessões individuais (se houver necessidade) e coletivas de fisioterapia para trabalhar a capacidade motora e cognitiva dos residentes.

E, como foi dito no início do artigo, a reabilitação consegue devolver os movimentos, reduzir as dores, estimular a independência e melhorar a autoestima do residente.

Justamente por isso, os fisioterapeutas aplicam as mais modernas técnicas e procedimentos, com o conhecimento aliado à gerontologia, para reabilitar o residente e prolongar seu bem-estar.

Para concluir, é importante lembrar que a reabilitação para idosos através da fisioterapia é uma parte importante do processo de promoção de saúde e recuperação de movimentos afetados por doenças ou traumas, a fim de restabelecer a independência do idoso.

Você pode conferir no canal da Cora no YouTube como a fisioterapia atua em conjunto com a equipe multidisciplinar para atender o residente em todas as suas necessidades e proporcionar uma vida saudável.

Aproveite também para se inscrever no canal e acompanhar nossos vídeos.

Deixe seu comentário

Postagens recentes

Descubra 13 dicas de cuidados com idosos no inverno

Os cuidados com idosos no inverno devem ser ainda maiores do que em outras estações do ano. Isso porque a… Leia mais

3 semanas atrás

Pessoas acamadas: conheça os principais problemas de saúde que as afetam

Pessoas acamadas exigem um trato especial para proporcionar bem-estar e, ao mesmo tempo, não adquirirem novas doenças. A falta de… Leia mais

4 semanas atrás

Confira dicas de jardinagem com 10 plantas fáceis de cuidar em casa

Cultivar plantas pode ser um excelente hobby para idosos. Isso porque o contato com a natureza tranquiliza. Além disso, o… Leia mais

1 mês atrás