AVC: prevenção e tratamento

AVC: prevenção e tratamento

O AVC, ou Acidente Vascular Cerebral, é uma doença que não escolhe classe social e pode surgir em qualquer idade, inclusive após os 60 anos.

Conhecido por ser a doença que mais mata no Brasil, o AVC ocorre quando os vasos responsáveis por levar o sangue ao cérebro entopem ou se rompem.

Isso faz com que partes do cérebro fiquem carentes de irrigação sanguínea e se paralisem, diminuindo assim a capacidade de percepção e raciocínio de uma pessoa, e ocasionando sintomas como alteração da força muscular, desequilíbrio e dificuldade de fala.

Como o idoso pode se prevenir do AVC?

A prevenção do AVC está, também, associada aos cuidados preventivos de outras doenças correlacionadas.

Veja, portanto, como o idoso pode prevenir um acidente vascular cerebral:

  • Controlando a hipertensão arterial: aqui, praticar exercícios relaxantes como pilates e ioga podem ajudar no relaxamento dos vasos sanguíneos e facilitar que o sangue chegue ao cérebro do idoso sem dificuldades;
  • Tratando a diabetes: a doença pode ser tratada com a adoção de hábitos alimentares saudáveis, que impedem que as veias sejam obstruídas pelo acúmulo de gordura. Dessa forma, até mesmo a hipertensão é evitada;
  • Reduzindo os níveis de colesterol e de peso: este objetivo pode ser possível se o idoso começar a praticar, regularmente, atividades físicas. As mais aconselhadas são as aeróbicas, como caminhadas e corridas. O ideal é que elas sejam feitas três vezes por semana;
  • Evitar e, se possível, excluir os hábitos de fumar e consumir álcool;
  • Ter boas noites de sono: é fundamental dormir um mínimo de oito horas por dia, para que o corpo possa descansar por completo.

E os tratamentos? Quais são?

Nem sempre é possível evitar que algumas doenças evoluam para um AVC. Nesses casos, o idoso deve se dirigir imediatamente para um centro médico.

Lá, os profissionais poderão administrar remédios, como os anti-hipertensivos, no intuito de estabilizar a pressão sanguínea e os batimentos cardíacos.

Porém, os tratamentos direcionados e eficazes dependerão do tipo de AVC contraído pelo idoso.

AVC Isquêmico

Ele acontece quando um coágulo impede que o sangue circule em um dos vasos cerebrais.

Nesse caso, os tratamentos são:

  • Trombólise com APt: essa enzima destrói facilmente o coágulo e permite que o sangue volte a circular normalmente;
  • Medicamentos: eles conseguem controlar o crescimento do coágulo;
  • Cateterismo cerebral: é uma alternativa à trombólise com APt;
  • Anti-hipertensivos: evitam que a pressão alta prejudique ainda mais a oxigenação sanguínea.

AVC Hemorrágico

É quando uma artéria cerebral possui vazamento sanguíneo ou se rompe. Por isso, o tratamento se baseia em:

  • Anti-hipertensivos para o controle da pressão sanguínea;
  • Uso de cateter de oxigênio para controlar o vazamento de forma rápida e eficaz.

Administração de medicamentos na Cora Residencial Senior

A Cora é um Residencial para Idosos que se preocupa com a saúde dos residentes, atuando na prevenção de diagnósticos como o AVC.

Em nossas unidades, os idosos contam com apoio de profissionais na administração de medicamentos, garantindo que doenças como hipertensão e diabetes sejam tratadas corretamente, evitando que avancem e sejam responsáveis pelo surgimento de um Acidente Vascular Cerebral.

Quer saber mais sobre o que temos a oferecer ao seu familiar idoso? Entre em contato conosco!

Receba nossos conteúdos por e-mail

Compartilhe o post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Receba nossos conteúdos por e-mail

Este site utiliza cookies e scripts externos para melhorar a sua experiência.