Perigos da automedicação

Perigos da automedicação

É comum ao sentirmos dores, corrermos para a caixa de remédios para procurar um analgésico. Porém no hábito da automedicação mora um grande perigo!

A possibilidade de administrar uma medicação de forma incorreta é alta e pode trazer graves consequências à saúde de pessoas de todas as idades.

Quando idosos, essas consequências podem ser agravadas e levar até mesmo a morte.

Confira alguns riscos que a automedicação traz:

– Interação medicamentosa

Existe um sério risco de um medicamento ingerido reagir em contato com outro remédio usado de forma contínua. Com isso, um pode anular ou potencializar os efeitos do outro.

– Alívio dos sintomas, mascarando o diagnóstico correto da doença

Usar remédios para aliviar dor e mal-estar pode esconder a real causa daqueles sintomas. A febre, por exemplo, é o indicativo do corpo de que algo está errado. Se sanada a febre, sem orientação médica, a doença não é tratada corretamente e pode se agravar.

– Resistência ao medicamento

O uso sem prescrição de um remédio pode gerar um aumento da resistência dos microrganismos sobre aquela substância. No caso dos antibióticos, por exemplo, pode prejudicar a eficácia de tratamentos em infecções futuras.

– Intoxicação

A automedicação pode trazer diversas consequências à saúde.  Quando a dose ingerida é mais baixa que o necessário, o tratamento pode ser completamente ineficaz, e se usado em grande quantidade pode levar a uma overdose da substância no organismo, causando uma intoxicação.

– Reação alérgica

Ingerir medicamentos que não foram prescritos por um profissional da saúde pode causar reações não esperadas no organismo, entre elas, uma alergia. 

– Dependência

Algumas substâncias proporcionam mais chances de vício mesmo quando usadas com acompanhamento médico. Imagine quando tomadas em doses incorretas e por tempo além do indicado por um médico?! 

Como você viu, tomar um remédio por conta própria pode parecer inofensivo em um primeiro momento, porém, pode trazer riscos desastrosos. Por isso, antes de tomar ou administrar qualquer medicação, consulte um médico!

Gestão e administração de medicamentos corretamente, um benefício Cora

Em um residencial para idosos, o risco da automedicação é  zero. Na Cora Residencial Senior temos o máximo cuidado com nossos residentes, por isso, as medicações são separadas por uma equipe farmacêutica e administradas por enfermeiros sempre na hora e dosagem corretas.  

Quer conhecer mais sobre o melhor residencial para idosos? Entre em contato!

Compartilhe o post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email