Artrite Reumatoide, o que é e como tratá-la

Artrite Reumatoide, o que é e como tratá-la

Estima-se que a Artrite Reumatoide atinja 1% da população mundial, com cerca de 2 milhões de pessoas no Brasil.

Incidindo duas vezes mais em mulheres do que em homens, a doença atinge, principalmente, pessoas com idade entre 40 e 70 anos.

Para ter uma ideia da importância dela, as estatísticas mostram também que a maioria (65%) dos portadores da enfermidade está em algum grupo de apoio para obter informações e trocar experiências.

Confira agora o que é a Artrite Reumatoide e como tratá-la!

O que é?

A Artrite Reumatoide acontece quando o revestimento das articulações (conhecido como sinóvia) é atacado por conta de um mau funcionamento do sistema imunológico. Essa falha, normalmente, afeta as mãos, tornozelos e joelhos; porém, em casos mais raros, os olhos, pulmões, circulação e até o coração são afetados.

Para exemplificar: No pulmão, a artrite causa inflamação e outras complicações que podem causar falta de ar; os olhos podem ficar irritados, vermelhos e com maior sensibilidade à luz; pequenos caroços podem surgir na pele, principalmente onde há mais ossos.

Até pela dificuldade de locomoção, os exercícios feitos por quem possui a “AR” são drasticamente limitados, fazendo com que colesterol alto, a diabetes e outras doenças relacionadas ao sedentarismo estejam muito mais propensas a serem contraídas.

Os médicos e pesquisadores ainda não sabem ao certo quais as causas da doença e, por isso, é necessário que um especialista (reumatologista) faça uma longa bateria de exames, para que o diagnóstico seja o mais completo possível. Entre os exames, estão:

  • Histórico médico;
  • Exame físico;
  • Exames de sangue;
  • Testes de imagem.

E como tratar?

Apesar de bastante conhecida, a Artrite Reumatoide não possui cura conhecida, mas é uma doença autoimune que pode facilmente ser tratada. Veja como:

  • Movimentação: A frequência de exercícios é bastante limitada entre portadores da doença, mas os problemas podem ser diminuídos com a adaptação de exercícios simples do dia a dia, como trocar o elevador pela escada, escolher os caminhos mais longos quando estiver andando, entre outros;
  • Nutrição: Até por essa mudança nos exercícios, a falta deles deve ser compensada de alguma forma. Com o auxílio de um nutricionista, a alimentação fica mais saudável e com os nutrientes necessários, evitando doenças ligadas ao sedentarismo, como as citadas mais acima;
  • Massagem ou meditação: Com técnicas como essas, os níveis de estresse diminuem, fazendo com que a frequência de crises seja muito menor;
  • Grupos de apoio: Como você pôde ver aqui mesmo neste artigo, os portadores da Artrite Reumatoide estão, em sua maioria, presentes em fóruns e grupos de apoio. Trocar experiências pode ser importante para se sentir melhor e, claro, receber mais dicas de tratamentos e exercícios.

Um residencial para idosos com foco na qualidade de vida

O residencial para idosos Cora possui uma ampla equipe de profissionais que focam na qualidade de vida, bem-estar e autonomia do residente.

Médicos geriatras, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, farmacêuticos e cuidadores são alguns dos especialistas que a Cora Residencial Senior proporciona ao seu familiar idoso.

Além de nossos profissionais, temos a preocupação de desenvolver uma rotina rica em atividades que respeitem as limitações do idoso e suas condições, mas que os ajudem a melhorar. Também desempenhamos atividades para auxílio emocional, como rodas de conversa, onde o idoso pode socializar e fazer novos amigos.

Para saber mais, entre em contato conosco!

Compartilhe o post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Este site utiliza cookies e scripts externos para melhorar a sua experiência. A sua esquerda se especifica quais cookies e scripts são utilizados e como eles afetam a sua visita. Você pode alterar a sua configuração a qualquer momento.

Para saber mais sobre a nossa Política de Privacidade, acesse: https://www.clinicasaintemarie.com.br/politica-de-privacidade

Essas configurações se aplicarão apenas ao navegador e ao dispositivo que você está usando no momento.

Em particular, este site utiliza o Google Analytics, um serviço de análise web fornecido pela Google, Inc. com sede nos Estados Unidos, com sede em 1600 Amphitheatre Parkway, Mountain View, ca 94043.

Para a prestação destes serviços, o Google utiliza cookies que coletam informações, incluindo o endereço IP do usuário, que será transmitida, tratada e armazenada pelo Google nos termos fixados na web Google.com. Isso inclui a possível transmissão de tais informações a terceiros por motivos de exigência legal ou quando estes terceiros processem a informação por conta do Google.

Para consultar o tipo de cookie utilizado pelo Google, além do cookie do Google+ e Google Maps na url abaixo:
>>>https://policies.google.com/technologies/types?

O Google Ad utiliza cookies para exibir anúncios personalizados neste site. Você pode desativar o uso do cookie DART através do anúncio do Google ou acessando diretamente este link https://support.google.com/adsense/troubleshooter/1631343?hl=pt-BR.

Usamos empresas de publicidade de terceiros para veicular anúncios quando visita o nosso website. É possível que estas empresas utilizem a informação que recebem de suas visitas a este e a outros websites (sem incluir o seu nome, endereço, endereço de e-mail ou número de telefone) para lhe fornecer anúncios sobre produtos e serviços que lhe são de interesse.

Ao usar este site, você concorda com o processamento de dados pelo Google na forma e para os fins indicados.

Cookies de redes sociais podem ser armazenadas no seu navegador enquanto você navega pelo blog, por exemplo, quando você usa o botão de compartilhar um artigo em alguma rede social.

As empresas que geram esses cookies correspondentes as redes sociais que utiliza este blog tem suas próprias políticas de cookies:

Cookie do Linkedin, segundo o disposto em sua Política de cookies.
->https://www.linkedin.com/legal/cookie-policy?trk=hp-cookies

Cookie de Facebook, de acordo com o disposto em sua Política de cookies.
->https://www.facebook.com/policies/cookies/

Cookie do YouTube, de acordo com o disposto em sua Política de cookies.
->https://policies.google.com/technologies/cookies?hl=pt

Cookie de Instagram, segundo o disposto em sua Política de cookies.
->https://help.instagram.com/1896641480634370?ref=ig

Assim, as implicações de privacidade serão em função de cada rede social e dependem da configuração de privacidade que tenha nessa rede.

Em nenhum caso podemos obter informações de identificação pessoal de cookies.

Este site utiliza cookies e scripts externos para melhorar a sua experiência.